Última hora

Última hora

K2 reclama a vida de uma dezena de alpinistas

Em leitura:

K2 reclama a vida de uma dezena de alpinistas

Tamanho do texto Aa Aa

Uma dezena de alpinistas perderam a vida no K2, nos Himalaias. A tragédia atingiu uma expedição internacional de 18 pessoas quando desciam na sexta-feira do pico da segunda maior montanha do Mundo. Os alpinistas foram apanhados pela queda de um bloco de gelo num estreito a cerca de 8200 metros de altura, conhecido como Gargalo de Garrafa.

Um responsável da expedição confirmou a morte de pelo menos nove alpinistas, mas a informação sobre o balanço e nacionalidade das vítimas ainda é confusa.

Gerard McDonnell, o primeiro irlandês a escalar o K2, estará entre os mortos, segundo um amigo. O veterano francês Hugues d’Aubarède e pelo menos um dos “sherpas” que o acompanhavam estão entre os desaparecidos, bem como um francês e um austríaco.

Segundo a organização da expedição, entre os mortos confirmados estão três sul-coreanos, dois nepaleses, um holandês, um sérvio, um norueguês e um paquistanês.