Última hora

Última hora

Três mil militares começam a patrulhar ruas das principais cidades italianas

Em leitura:

Três mil militares começam a patrulhar ruas das principais cidades italianas

Tamanho do texto Aa Aa

A partir de hoje três mil militares vão patrulhar as principais cidades italianas.

Duas mil tropas vão garantir a segurança de locais considerados sensíveis, como as embaixadas e estações de comboio.

Silvio Berlusconi afirma que o objectivo da medida é melhorar “a percepção da segurança dos cidadãos”.

Os sindicatos de polícias e a esquerda acusam
o governo de demagogia securitária.

Um capitão envolvido na missão afirmou que “o exército realizou por diversas vezes, no passado, operações de segurança, nomeadamente após os atentados contra os juízes Falcone e Borsellino nos anos 90 e depois do “11 de Setembro”.

Um terço do contigente foi destacado para os centros de detenção para imigrantes ilegais.

A medida estará em vigor durante seis meses e poderá ser renovada uma vez.

Silvio Berlusconi foi eleito chefe de governo em Abril, com promessas de reforçar a segurança e combater a criminalidade.