Última hora

Última hora

Motorista de Bin Laden condenado

Em leitura:

Motorista de Bin Laden condenado

Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal Excepcional de Guerra de Guantanamo condenou o antigo motorista de Bin Laden a cinco anos e meio de prisão.

O triubunal deu como provadas as acusações de apoio à actividades terroristas.

No acordão, lê-se ainda que, embora indirectamente, Salim Hamdan colaborou em acções que resultaram na morte, de várias pessoas.

Mas ilibou-o do crime de complot que constava também do despacho de acusação.

A setença, que já está a ser contestada, fica muito aquém do pedido da acusação pública que defendia uma pena não inferior a 30 anos de cadeia.

Os seis jurados foram unânimes na decisão.