Última hora

Última hora

Autoridade Palestiniana declara três dias de luto nacional pela morte de Mahmud Darwich

Em leitura:

Autoridade Palestiniana declara três dias de luto nacional pela morte de Mahmud Darwich

Tamanho do texto Aa Aa

A Autoridade Palestiniana declarou três dias de luto nacional pela morte de Mahmud Darwich. O grande poeta palestiniano morreu na quinta-feira aos 67 anos.

Mahmud Darwich deixa uma vasta e reconhecida obra traduzida para mais de vinte línguas.

Em Ramalah, as bandeiras permanecem a meia-haste. O funeral de Darwish deverá ser o maior desde as exéquias de Arafat.

O presidente da Autoridade Palestiniana considerou que a morte do poeta é um grande perda para os palestinianos:

“A morte do nosso grande poeta que amava a Palestina, que era um pioneiro do projecto cultural da Palestina moderna e um líder nacional brilhante, deixará um grande vazio na vida política cultural e nacional”.

O escritor palestiniano Hassan Al-Kashef, amigo do poeta, salienta que Darwish sofreu muito com a tomada de poder da Faixa de Gaza pelo Hamas:

“Ele descreveu a dor e a experiência palestiniana desde a “Catástrofe” em 1948 quando era criança até à cisão em 2006 que o magoou profundamente no seu coração. Esperamos que a ausência de Darwish seja uma lição e possa ajudar a unir o povo palestiniano”.

Darwich deixou a Palestina aos sete anos após o nascimento do estado de Israel. Só voltou nos anos 90. Foi várias vezes detido pelas autoridades israelitas por causa dos textos que escrevia e da sua actividade política.