Última hora

Última hora

Presidente russo anuncia o fim das operações militares na Geórgia

Em leitura:

Presidente russo anuncia o fim das operações militares na Geórgia

Tamanho do texto Aa Aa

É o fim das operações militares russas na Geórgia. A garantia vem de Moscovo, cinco dias depois do início do conflito no Cáucaso, no qual terão morrido pelo menos duas mil pessoas. O anúncio foi feito pelo presidente russo, pouco tempo antes da chegada de Nicolas Sarkozy a Moscovo.

Dimitri Medvedev anunciou que tomou a decisão de parar as operações de forma a “forçar a Geórgia à paz”. “O objectivo da operação foi cumprido, a segurança das forças de manutenção da paz e da população civil foi restaurada”.

Nicolas Sarkozy, presidente em exerício da União Europeia já está em Moscovo e considerou o anúncio de Medvedev uma boa notícia. O chefe de estado francês disse ainda que é “perfeitamente normal” que a Rússia queira “defender os interesses dos falantes da língua russa fora das suas fronteiras”.

Por enquanto, as forças militares russas vão permanecer nas posições actuais.
Medvedev impõe algumas condições, entre as quais a retirada das tropas georgianas e a assinatura de um documento vinculativo, que está a ser preparado pela presidência francesa.

A Geórgia ja pediu mais provas do fim das operações. Tbilissi vai continuar “preparada para tudo” até que Moscovo assine um acordo de paz, declarou o primeiro-ministro georgiano.