Última hora

Última hora

Enterram-se os mortos no meio da incerteza sobre o cessar-fogo

Em leitura:

Enterram-se os mortos no meio da incerteza sobre o cessar-fogo

Tamanho do texto Aa Aa

Dia de luto na Ossétia do Sul e na Geórgia no meio de dúvidas sobre o respeito do cessar-fogo.

Em Tskhinvali como em Tbilissi, as bandeiras estão a meia haste.

Ossetas e georgianos começaram a enterrar os mortos após 5 dias de violentos combates.

Do lado georgiano não há dados sobre as vítimas. O exército russo diz que perdeu 74 soldados e deu outros 19 por desaparecidos.

De Tbilissi, o presidente georgiano acusa a Rússia de não estar a respeitar o cessar-fogo. Saakashvili afirma que as operações do exército vermelho continuam em território da Geórgia, nomeadamente em Gori. Moscovo desmente.

As tropas da Geórgia já foram corridas de Tskhinvali e começaram a retirar da Ossétia do Sul, segundo o que afirmou o exército russo. Na outra frente, na Abcásia, os separatistas parecem também dominar a situação, tendo obrigado à retirada dos militares georgianos do vale de Kodori.

Os princípios do plano de paz da União Europeia foram aceites pelo Kremlin e pela Geórgia, resta saber se o sucesso da diplomacia europeia não será solo de pouca dura nesta sensível região do Cáucaso.

Na Europa, são várias as vozes que se levantam, como a do ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, no sentido de reequacionar a parceria com Moscovo.