Última hora

Última hora

Musharraf demite-se da presidência do Paquistão

Em leitura:

Musharraf demite-se da presidência do Paquistão

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente do Paquistão anunciou a demissão da chefia do Estado. A comunicação de Pervez Musharraf ao país esta segunda-feira foi o mais recente episódio da batalha pelo poder no Paquistão.

O antigo general estava sob o fogo cerrado da maioria governamental, composta pelos partidos da falecida Benazir Bhuto e de Nawaz Sharif. As formações rivais coligaram-se depois das eleições legislativas de Fevereiro. Este mês acordaram levar adiante um processo de destituição do presidente.

Na declaração ao país, Musharraf defendeu o seu legado, acusou os adversários de perseguirem interesses pessoais e de lhe imputarem falsidades, mas acabou por se demitir para evitar um processo de destituição humilhante.

Os rumores sobre a demissão de Pervez Musharraf já corriam há dias em Islamabad mas os seu colaboradores negaram sempre essa possibilidade. É o fim político do general que chegou ao poder por intermédio de um golpe de Estado sem derramamento de sangue em 1999, no qual tomou o poder ao então primeiro-ministro Nawaz Sharif. Criticado pela comunidade internacional durante dois anos, acabou por se tornar no grande aliado regional dos Estados Unidos depois dos atentados do 11 de Setembro de 2001.