Última hora

Última hora

Presidente paquistanês apresenta demissão

Em leitura:

Presidente paquistanês apresenta demissão

Tamanho do texto Aa Aa

Pervez Musharraf despediu-se da presidência do Paquistão. O chefe de Estado anunciou a demissão evitando assim o processo de destituição que a coligação governamental contava iniciar esta terça-feira.

Abandonado por todos, o aliado-chave dos Estados Unidos na região sai de cena depois de Washington ter afirmado que esta era uma questão interna do Paquistão. A Casa Branca limitou-se agora a agradecer o esforço de Musharraf em prol da democracia e o seu empenho na guerra ao terrorismo.

Na comunicação que fez ao país, o presidente demissionário defendeu o seu legado, acusou os adversários de perseguirem objectivos pessoais e descreveu como falsidades as acusações de violação da constituição que lhe são imputadas.

A coligação governamental saída das eleições de Fevereiro concretiza o principal objectivo. Mas os partidos liderados por Asif Ali Zardari, o viúvo de Benazir Bhutto, e Nawaz Sharif permanecem rivais. A sucessão de Musharraf na chefia do Estado vai pesar nas suas relações.

O partido de Sharif pretende transformar a presidência num posto protocolar. Mas correm rumores que Zardari estaria interessado no cargo desde que mantenha os poderes de dissolver o parlamento e de nomear as chefias militares e judiciais. O presidente é eleito pelo parlamento nacional e pelas câmaras regionais.