Última hora

Última hora

Saakashvili pede à Rússia pragmatismo

Em leitura:

Saakashvili pede à Rússia pragmatismo

Tamanho do texto Aa Aa

O chefe de Estado georgiano dirigiu-se, hoje, a Moscovo num tom apaziguador a quem pediu para que evite a discórdia entre as gerações futuras.

Num discurso televisivo, Mikhail Saakashvili, apelou à retirada imediata do exército russo:

“A vossa presença destrói o vosso futuro e afecta a vida de milhões de pessoas. É isto que vai determinar o futuro das relações entre os dois países. Cabe-nos a nós evitar que as gerações futuras se revoltem uma contra a outra. Não conto com a vossa piedade, mas com o vosso pragamatismo e senso comum”

Em 10 dias de confrontos, os georgianos dão conta de duas centenas de vítimas mortais.