Última hora

Última hora

Moscovo acusa NATO de falta de objectividade e vai rever relações com a Aliança

Em leitura:

Moscovo acusa NATO de falta de objectividade e vai rever relações com a Aliança

Tamanho do texto Aa Aa

O Kremlin acusa a Aliança Atlântica de falta de objectividade e avisa que a declaração adoptada pela NATO sobre o conflito na Geórgia terá consequências para as relações com Moscovo.

Para o ministro russo dos Negócios Estrangeiros “a forma como a NATO interpreta a aplicação do acordo [de cessar-fogo] é questionável”.

Serguei Lavrov diz que “todas as acusações são contra a Rússia, como se no texto não houvessem exigências às forças georgianas para que regressem às suas posições habituais”.

O embaixador russo na NATO acusou entretanto a organização de “falhar totalmente” no papel de mediador do conflito e afirmou que Moscovo não vai cooperar com a Aliança enquanto esta trabalhar com “criminosos”, designação escolhida para os líderes georgianos.