Última hora

Última hora

Sarkozy no Afeganistão para dizer que França vai continuar no terreno

Em leitura:

Sarkozy no Afeganistão para dizer que França vai continuar no terreno

Tamanho do texto Aa Aa

A morte de 10 soldados franceses no Afeganistão levou o presidente Nicolas Sarkozy a deslocar-se ao terreno.

Uma forma de mostrar que o executivo não esquece os soldados que tem no terreno, no entanto, o chefe de Estado francês aproveita a viagem para dizer que França está empenhada na luta contra o terrorismo, ao Lado dos Estado Unidos.

O presidente Sarkozy foi ao Afeganistão acompanhado pelos ministros dos Negócios Estrangeiros e da Defesa.

Hervé Morin assegura que os esforços militares no território vão prosseguir durante os próximos meses ou anos com a mesma determinação.

Ou seja, a morte dos 10 soldados não abalou os objectivos das autoridades gaulesas. Os 21 feridos no ataque chegam esta manhã a Paris.

A maioria das vítimas pertencia ao oitavo regimento de paraquedistas de infantaria da marinha e foram vítimas de uma emboscada dos Taliban.