Última hora

Última hora

Familiares das vítimas expressam indignação e dor

Em leitura:

Familiares das vítimas expressam indignação e dor

Tamanho do texto Aa Aa

A indignação e a dor são os sentimentos dominantes entre os familiares das vítimas que se dirigiram esta quarta-feira ao aeroporto de Barajas.

Uma mulher que perdeu um sobrinho de sete anos afirmou-se chocada pelo facto de o avião ter descolado da pista apesar de haver uma avaria e pede que justiça seja feita.

Muitos enfrentam a angústia da incerteza, enquanto as autoridades tentam averiguar a identidade das vítimas.

Um passageiro contou que sobreviveu à tragédia porque chegou atrasado ao aeroporto:

“Chegámos com três minutos de atraso e não foi possível entrar. Quando estávamos à procura de outro voo vimos que tinha havido um acidente com o nosso primeiro avião”.

Uma mulher chorou de alívio ao saber que a filha não entrou no avião: “A minha filha tinha-me ligado para dizer que ia embarcar. Uma hora depois ouvi a notícia no trabalho e tinha a certeza de que ela estava no avião mas afinal não estava”.

Perante a amplitude da tragédia, a comunidade de Madrid decretou três dias de luto.