Última hora

Última hora

EUA e França acusam Rússia de não cumprir acordo

Em leitura:

EUA e França acusam Rússia de não cumprir acordo

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos e a França contestam as afirmações de Moscovo que anunciou ter completado a retirada militar da Geórgia e respeitado na íntegra, o acordo de cessar-fogo, delineado por Paris e subscrito por todas as partes.

As imagens desta sexta-feira foram de colunas militares russas a saírem de zonas georgianas ocupadas, como da estratégica cidade de Gori a algumas dezenas de quilómetros da capital Tbilissi.

Moscovo fez questão de frisar que vai manter posições estratégicas na proximidade da Ossétia do Sul e da Abcásia, ou seja, zonas tampão em solo georgiano. Os Estados Unidos apressaram-se a contestar as alegações russas de terem respeitado os termos do acordo de cessar-fogo.

“O presidente esteve ao telefone com o presidente francês. Os dois partilham da opinião de que a Rússia está em falta e que a Rússia precisa de cumprir o acordo agora”, referiu o porta-voz da Casa Branca, Gordon Johndroe.

Após a tentativa gorada da Geórgia em resolver a secessão da Ossétia do Sul, o parlamento desta república separatista pediu formalmente à Rússia o reconhecimento da independência, esta sexta-feira. Tal como a Abcásia, a Ossétia do Sul pretende também formalizar o pedido junto da comunidade internacional.

A conta-gotas as autoridades georgianas ganham controlo do território que esteve à mercê dos russos. Tbilissi anunciou ao final da tarde que a polícia georgiana controla Gori.