Última hora

Última hora

McCainn e Obama trocam acusações na véspera do congresso democrata

Em leitura:

McCainn e Obama trocam acusações na véspera do congresso democrata

Tamanho do texto Aa Aa

A psicose dos ataques com Antrax abala a campanha republicana para as presidenciais norte-americanas, 7 anos depois de ter marcado os primeiros meses do mandato de George Bush.
 
Duas sedes de campanha do candidato John McCainn, no Colorado e New Hampshire, foram seladas pela polícia, depois de terem recebido cartas com um pó branco suspeito.
 
Um falso alarme, segundo o responsável da protecção civil do Colorado, que afirma que, “as 12 pessoas colocadas em quarentena não apresentam sintomas de contaminação”.
 
Mais nocivas parecem ser as acusações lançadas nos últimos dias por Barack Obama, relativas à fortuna pessoal de McCainn.
 
O candidato democrata interrogou-se sobre a capacidade do opositor em falar de economia quando possui várias casas e uma avultada fortuna pessoal.
 
A três dias do congresso democrata designar o candidato do partido às presidenciais, a campanha rival volta a atacar-se à inexperiência de Obama, evocando as suas férias no Hawai, durante as quais não se pronunciou sobre o conflito na Geórgia.
 
Obama, que se encontra empatado com McCainn nas sondagens, deverá anunciar nos próximos dias a sua escolha para candidato a vice-presidente, que poderá recair sobre Hillary Clinton.