Última hora

Última hora

Activistas pró-palestinianos furam bloqueio a Gaza

Em leitura:

Activistas pró-palestinianos furam bloqueio a Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de vinte embarcações atracaram hoje no porto de Gaza, depois de conseguirem furar o cerco imposto por Israel ao território desde Junho de 2007. A bordo seguem cerca de 40 activistas pró-palestinianos de mais de uma dezena de países e várias toneladas de ajuda humanitária à população.

O acto simbólico pretende chamar a atenção para a situação do território onde vivem mais de um milhão e meio de pessoas numa situação considerada de crise humanitária.

Para o responsável do Hamas, “a chegada destes barcos não significa que quebraram o cerco, mas que o ocidente rejeita a continuação do cerco, aumentando a pressão sobre Israel”.

As autoridades hebraicas impuseram o cerco no ano passado, depois do Hamas ter tomado o controlo do território. Apesar da trégua declarada pelo movimento armado, Israel continua a bloquear o acesso de ajuda humanitária e combustíveis à população.

O porta-voz do governo israelita afirma que, “permitiu a passagem das embarcações, ignorando a provocação dos activistas que pretendiam uma confrontação em alto-mar”. Os barcos tinham partido na sexta-feira do Chipre, tendo entrado nas águas territoriais controladas pela marinha israelita sem serem interceptados.

Na terça-feira Israel tinha tentado dissuadir os activistas do projecto, afirmando que, apesar dos objectivos, o resultado final seria “o apoio à organização terrorista que controla o território”.