Última hora

Última hora

EUA e UE voltam a pedir retirada completa do exército russo na Geórgia

Em leitura:

EUA e UE voltam a pedir retirada completa do exército russo na Geórgia

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de giorgianos protestaram este sábado contra a presença de tropas russas nas imediações do porto de Poti. O exército russo instalou um posto de controlo às portas da cidade esta sexta-feira.

Poti é a grande porta de acesso de mercadorias vindas do ocidente para a Geórgia e outros pontos do Cáucaso, através do Mar Negro.

Apesar dos muitos protestos, também por parte da comunidade internacional, a Rússia efectuou uma retirada parcial do país deixando para trás pequenas unidades militares que controlam pontos estratégicos.

A situação na região pode agravar-se numa altura em que um barco da marinha de guerra norte-americana navega rumo a Poti com um carregamento de ajuda humanitária.

O presidente francês Nicolas Sarkozy pediu uma vez mais ao homólogo russo Dmitri Medvedev que retire rapidamente os militares da federação.

Os Estados Unidos e a União Europeia temem que a permanência de tropas russas em território georgiano aprofunde as divisões étnicas.

A presença russa enfraquece o Governo de Saakashvilli e ameaça uma rede de condutas de petróleo e gás que atravessa o país.

Entretanto, as forças georgianas voltaram a ocupar a base militar de Senaki, na zona ocidental da Geórgia, depois da retirada das tropas russas.