Última hora

Última hora

JO: direitos humanos sem medalha de ouro em Pequim

Em leitura:

JO: direitos humanos sem medalha de ouro em Pequim

Tamanho do texto Aa Aa

A China despertou tranquila depois dos adeus aos Jogos Olímpicos.

Durante duas semanas, Pequim não poupou esforços para tentar melhorar a imagem junto do Ocidente. Mas no que toca ao respeito pelos direitos humanos pouco ou nada mudou.

A exuberância das cerimónias ficou manchada pla repressão politica,detenções e violação da liberdade de imprensa.

Este turista considera que os Jogos Olímpicos não vão contribuir para o desenvolvimento económico do país, mas poderão ser uma mais valia para o desenvolvimento da sociedade.

Opinião diferente têm as organizações de defesa dos direitos humanos.

Apesar das críticas Pequim tem razões para sorrir.
Conseguiu vender com sucesso,internacionalmente, a imagem e tornou-se a primeira anfitriã do evento a arrecadar maior número de medalhas em ouro.