Última hora

Última hora

Obama não foi nomeado foi aclamado

Em leitura:

Obama não foi nomeado foi aclamado

Tamanho do texto Aa Aa

Mesmo se o dicurso desta noite é esperado com muita expectativa, a grande surpresa chegou já ontem com a aclamação de Obama pelos delegados e com sua aparição diante dos 20 mil participantes na convenção, acompanhado de Joe Biden.

O candidato a vice-presidente quis deixar claro e de forma simples o seu empenhamento:
“Deixem-me dizê-lo de forma clara e o mais simples possível, sim, sim, aceito a nomeação.”
Para acrescentar em seguida: “Mais do que um soldado estes tempos requerem um líder sábio. Um líder capaz de conseguir a mudança de que, todos sabemos, estamos necessitados. Barak Obama vai protagonizar essa mudança”.

Mas foi a intervenção de Hillary Clinton que galvanizou a multidão no momento em que decorria a votação dos delegados estado a estado.

A senadora de Nova Iorque, ex-candidata derrotada à investidura, apelou à interrupção do voto e à aclamação do candidato democrata: “Declaremos em uníssono, a uma voz, aqui e agora que Barack Obama é o nosso candidato e será o nosso presidente”.

Momentos altos não faltaram no terceiro dias dos trabalhos da convenção. O homem por quem todos esperavam era Bill Clinton, o ex-presidente não poupou elogios ao agora candidato de todos os democratas.

“Tudo o que aprendi nos meus 8 anos como presidente e tudo o que fiz depois na América e no mundo, convenceram-me que Barack Obama é o homem certo para este trabalho”, afirmou.

E para calar os que consideram Obama inexperiente, Clinton recordou que em 1992, os republicanos também o acusaram de não ter experiência.