Última hora

Última hora

Valentino em Veneza

Em leitura:

Valentino em Veneza

Tamanho do texto Aa Aa

Valentino é sempre vedeta…mesmo entre vedetas. Eeteve em Veneza, no Festivalde Cinema e pisou a passadeira vermelha, acompanhado de Eva Herzigova.

E mesmo tratando-se de um festival de cinema, Valentino remeteu para segundo plano, muitos cineastas e actores.

Esteve na estreia do documentário sobre a sua vida, feito pelo realizador americano Matt Tyrnauer

“Lamento, mas o filme reflecte exactamente o que eu sou, porque há momentos em que me irrito automaticamente, quando alguém me diz alguma coisa que não gosto, é um reflexo meu, do princípio ao fim”, atestou o costureiro.

Uma irritação que lhe passa com os prazeres da vida. E um deles, ainda hoje, é vestir mulheres.É um hedonista da beleza, como se confessa.

“Eu sempre gostei de vestir mulheres realmente bonitas. Entretantio, com o tempo aprendi a gostar de vestir mulheres que, talvez, não sejam bonitas, mas que têm qualquer coisa melhor que a beleza”, admitiu.

Esta quinta-feira, o japonês Takeshi Kitano apresentou a sua última obra. “Aquiles e a Tartaruga” confronta a criação artística com o criador e com o seu mercado.

Um filme que, como diz o cineasta, obriga o público a fazer escolhas.

Conta a história de um comerciante de arte que vende a obra de uma criança, como se fosse da autoria de um mestre consagrado.