Última hora

Última hora

Contexto político levou ao fracasso da governação de Fukuda

Em leitura:

Contexto político levou ao fracasso da governação de Fukuda

Tamanho do texto Aa Aa

Não se pode dizer que quando chegou à liderança do governo nipónico Yasuo Fukuda fosse um dos mais proeminentes políticos do Japão.

A inesperada demissão do seu antecessor, Shinzo Abe, obrigou o Partido Liberal Democrata a substituir o chefe de governo demissionário e Fukuda foi o nome encontrado.

Conservador moderado, Yasuo Fukuda seguiu tardiamente os passos do seu pai, o antigo primeiro-ministro Takeo Fukuda.

O contexto no qual assumiu o poder não lhe foi em nada favorável com uma oposição, maioritária no Senado, a bloquear grande parte das reformas que tinha prometido, nomeadamente económicas.

Fukuda ainda tentou coligar-se com Partido Democrata do Japão, na oposição, em Setembro do ano passado, mas em vão. Em Junho último a sua acção governativa foi alvo de uma moção de censura no Senado.

A recessão económica e algumas medidas pouco populares, nomeadamente no que diz respeito ao sistema de saúde, foram fatais para Fukuda.

Esta demissão não implica obrigatoriamente eleições antecipadas, isto apesar do Partido Democrata do Japão exigir a realização de um escrutínio antecipado desde a sua vitória nas eleições para o Senado em Julho de 2007.

As próximas legislativas japonesas estão previstas para Setembro 2009.