Última hora

Última hora

Governa belga exige sanções após fuga radioactiva

Em leitura:

Governa belga exige sanções após fuga radioactiva

Tamanho do texto Aa Aa

O governo belga exige sanções severas para os responsáveis do laboratório onde ocorreu uma fuga radioactiva, na semana passada.

Inicialmente o incidente foi apresentado como inofensivo mas uma semana depois as autoridades apelaram à população para não consumir frutos e legumes dos jardins, nem leite.

A fuga deu-se no sul da Bélgica, perto de Charlesrois, num centro que produz radio-isótopos para a despistagem e tratamento do cancro.

O ministro da Energia, Paul Magnette, considerou que o laboratório cometeu vários erros:

“Exigi a nomeação de um novo responsável pela segurança porque a esse nível registaram-se lacunas inconcebíveis. Vou também exigir um relatório completo sobre os erros e sanções da parte do conselho de administração. Não creio que se recusem a fazê-lo.”

A fuga radoactiva deu-se a 22 de Agosto. O computador que devia dar o alerta falhou e o técnico responsável minimizou o problema. As autoridades só foram avisadas três dias depois quando o sistema lançou um novo alerta.