Última hora

Última hora

EUA manifesta apoio aos aliados do Cáucaso

Em leitura:

EUA manifesta apoio aos aliados do Cáucaso

Tamanho do texto Aa Aa

Apoio incondicional aos aliados do Cáucaso. Foi a mensagem deixada pelo vice-presidente norte-americano, esta quarta-feira, no Azerbeijão

Trata-se da primeira etapa de uma viagem de apoio à Georgia antes de partir para Tblissi onde é esperado esta quinta-feira.

Na bagagem leva a promessa de mil milhões de dólares, cerca de 700 milhões de euros.

A verba aprovada por Washington destina-se à reconstrução de infra-estruturas devastadas pela guerra no Cáucaso e soma-se aos 30 milhões de dólares de ajuda humanitária enviados desde o início do conflito.

Mas o apoio a Tblissi não fica por aqui. O Fundo Monetário Internacional decidiu conceder um empréstimo à Georgia mais de 500 milhões de euros.

Também Bruxelas abriu os cordões à bolsa. Na segunda-feira, os 27 comprometeram-se a organizar dentro em breve uma conferência internacional de dadores para ajudar à reconstrução do país.

“Prestamos ajuda humanitária que era o mais urgente e importante. Pretendemos continuar a fazê-lo no futuro. Até ao momento, os estados-membros juntamente com Bruxelas já enviaram para a Georgia cerca de 15 milhões de euros” afirma a comissária Benita Ferrero-Waldner.

Verbas que Moscovo considera estarem a servir para ajudar a Geórgia a definir a política militar.

Entretanto, a embaixada russa na capital georgiana foi encerrada, na sequência do corte de relações diplomáticas entre os dois países.