Última hora

Última hora

Ancara considera "positiva" a visita à Arménia

Em leitura:

Ancara considera "positiva" a visita à Arménia

Tamanho do texto Aa Aa

A presidência francesa da União Europeia saudou a visita “histórica” do presidente turco, Abdullah Gul, à Arménia, esperando que “crie um clima favorável à normalização das relações” entre os dois países. A convite do seu homólogo arménio, Serge Sarkissian, o presidente turco assistiu ao jogo Arménia-Turquia de qualificação para o Mundial de Futebol de 2010.

Gul e o primeiro chefe de Estado da Turquia a deslocar-se à Arménia desde a independência desta antiga república soviética, em 1991. Ancara e Erevan não têm relações diplomáticas devido às suas divergências em relação à classificação de genocídio dos massacres de arménios cometido sob o império Otomano, entre 1915 e 1917, na Anatólia.

Os arménios calculam que os massacres causaram até 1,5 milhões de mortos e consideram-nos um genocídio, uma posição adoptada por vários países. Turquia rejeita tal qualificação e indica que entre 250.000 e 500.000 arménios e pelo menos o mesmo número de turcos morreram nos combates na altura. Apesar da esperança criada por esta visita centenas de arménios manifestaram-se para lembrarem o massacre.