Última hora

Última hora

Assassínio inflama a revolta da comunidade africana em Almeria

Em leitura:

Assassínio inflama a revolta da comunidade africana em Almeria

Tamanho do texto Aa Aa

O assassínio de um jovem senegalês esteve na origem dos distúrbios que inflamaram esta noite um bairro dos arredores de Almeria, no Sul de Espanha. Dezenas de membros da comunidade africana tomaram as ruas, vandalizando várias viaturas e incendiando a casa do presumível homicida, de etnia cigana.

A revolta degenerou em confrontos com a polícia, pelo menos três agentes da autoridade ficaram feridos. Quatro jovens africanos foram detidos. Um habitante, originário da Guiné-Bissau, lembra que, “a família do jovem assassinado está devastada, ainda por cima durante o Ramadão” e que quer que, “seja feita justiça”.

Segundo a polícia, a morte do jovem ter-se-à devido a um ajuste de contas entre traficantes de drogas. Uma associação local afirma, no entanto, que o jovem terá sido esfaqueado quando tentava por termo a uma zaragata.