Última hora

Última hora

Gordon Brown perde popularidade

Em leitura:

Gordon Brown perde popularidade

Tamanho do texto Aa Aa

A vida corre mal a Gordon Brown. Vários trabalhistas consideram que o primeiro-ministro britânico deve renunciar ao cargo numa altura em que o partido conservador lidera com larga vantagem as intenções de voto para as eleições em 2010.

Outra fonte de pressão vem dos sindicatos que planeiam um enorme protesto contra a decisão do executivo de aumentar em 2% os salários dos funcionários públicos num ano em que a inflação atingiu os 5%.

Em contraste com o ambiente de crítica, o ministro dos negócios estrangeiros mostrou o seu apoio ao chefe de governo. David Miliband afirmou estar “convencido de que o Brown pode levar os trabalhistas à vitória porque é um homem de grande integridade, com valores e uma visão”.

Para relançar a liderança e encontrar saídas para a crise, Brown convocou o governo para uma reunião em Birmingham.É a primeira vez desde 1921 que o executivo reúne fora de Londres.

Uma das principais preocupações de Brown é atenuar os efeitos da crise que afecta o mercado imobiliário. Em Agosto, Brown confirmou o que todos temiam: pela primeira vez em dezasseis anos a economia britânica não cresceu no segundo trimestre do ano.