Última hora

Última hora

Rússia rejeita competência de Tribunal da ONU para julgar acusações da Geórgia

Em leitura:

Rússia rejeita competência de Tribunal da ONU para julgar acusações da Geórgia

Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia considerou “absurdas” as acusações georgianas, relativas à alegada limpeza étnica praticada pelas suas tropas nas regiões da Ossétia do Sul e Abcásia. O director do ministério dos Negócios Estrangeiros russos compareceu hoje no Tribunal Internacional de Justiça da ONU, em Haia, para responder às acusações georgianas.

Roman Kolodin rejeitou a competência do organismo para se pronunciar sobre o tema, considerando que o conflito com a Geórgia não teve qualquer motivação étnica, não violando por isso três convenções da ONU sobre o tema.

Os juízes deverão pronunciar-se nas próximas semanas sobre a validade das queixas e a competência do tribunal para julgar o tema.

Tbilissi apresentou uma queixa junto deste tribunal no dia 12, exigindo o regresso às regiões separatistas do país de mais de 450 mil refugiados do conflito no início do mês de Agosto.

Algumas fontes acusam as milícias ossetas de terem praticado deslocações forçadas com a colaboração do exército russo.