Última hora

Última hora

Ike volta a atravessar Cuba

Em leitura:

Ike volta a atravessar Cuba

Tamanho do texto Aa Aa

O olho do furacão Ike voltou hoje a atingir Cuba. Depois de deixar um rasto de destruição e quatro mortos no Leste do país, o ciclone percorreu sem tocar as províncias centrais, entrando depois pela parte ocidental da ilha, 60 quilómetros a sudoeste da capital.

Havana era fustigada por chuvas intensas e rajadas de vento rondando os 120 quilómetros por hora. As ruas estavam praticamente desertas, a electricidade cortada e muitos edifícios barricados.

O furacão baixou de intensidade para o nível 1 na escala de Saffir-Simpson ao tocar ontem Cuba pela primeira vez, bastante abaixo do Gustav, de categoria 4, que devastou o Oeste da ilha no fim de Agosto.

O Ike pode no entanto voltar a ganhar força nas águas quentes do Golfo do México.

Mais de dois milhões de pessoas, incluindo dez mil turistas, foram deslocados pelas autoridades desde a chegada do furacão à ilha, depois de deixar um rasto de destruição e 66 mortos no Haiti.