Última hora

Última hora

Decisão da OPEP causa descida nos preços

Em leitura:

Decisão da OPEP causa descida nos preços

Tamanho do texto Aa Aa

O preço do petróleo esteve a caír, depois das declarações do ministro do petróleo da Arábia Saudita, que diz que o mercado actual está bem equilibrado. Estas palavras dão a entender que a OPEP deve manter, na reunião que começou esta terça-feira em Viena, as actuais quotas de produção de petróleo.

Isso mesmo foi confirmado pelo presidente em exercício do cartel, Chakib Khelil, que disse não haver nenhuma razão para haver um aumento na oferta de petróleo. Isto porque a tendência do petróleo e do dólar é agora contrária ao que sucedia antes, ou seja, o dólar está a fortalecer-se e a cotação do barril está a baixar.

Depois de ter atingido um máximo histórico em Julho, os preços começaram a baixar e estão agora num novo mínimo de cinco meses, o que alivia bastante a pressão exercida sobre a OPEP.

Para combater a subida dos preços, os países membros têm vindo a aumentar os níveis de produção, que actualmente é de 32,8 milhões de barris por dia, cerca de 5,5 milhões acima do nível do ano passado.

O preço do Brent do Mar do Norte voltou a caír, esta terça-feira e está agora pouco acima dos 101 dólares, enquanto o crude norte-americano ronda os 104 dólares por barril.

A queda no preço do barril coincide com a subida no dólar, com o euro a valer pouco menos de 1,42 USD.