Última hora

Última hora

UE vai reforçar laços com Ucrânia sem prometer adesão

Em leitura:

UE vai reforçar laços com Ucrânia sem prometer adesão

Tamanho do texto Aa Aa

Os Vinte e Sete vão oferecer hoje um “acordo de associação” à Ucrânia, mas sem prometer uma futura adesão à União Europeia.

A cimeira bilateral realiza-se em Paris em vez de Evian – como estava inicialmente previsto – devido aos atrasos na deslocação do presidente francês Nicolas Sarkozy a Moscovo e Tbilissi.

O bloco europeu tenta fazer um complicado equilíbrio entre os países membros que desejam uma rápida adesão de Kiev e os que consideram prematura uma nova ampliação a Leste, como a Espanha ou a Alemanha.

A recente crise política na coligação governamental ucraniana veio reforçar esta posição. O conflito entre o presidente pró-ocidental Victor Iuschenko e a primeira-ministra Iulia Timochenko, que mostrou posições próximas de Moscovo, ameaça com eleições antecipadas.

Em Paris, os Vinte e Sete deverão oferecer a Kiev uma “parceira reforçada” em termos comerciais e energéticos, bem como de segurança e circulação de pessoas.