Última hora

Última hora

Líder druzo, rival de Jumblatt, morre em atentado no Líbano

Em leitura:

Líder druzo, rival de Jumblatt, morre em atentado no Líbano

Tamanho do texto Aa Aa

O Líbano está outra vez mergulhado na incerteza.

O atentado de ontem que tirou a vida a um líder druzo ocorre nas vésperas do encontro entre os diferentes partidos que pretendem um diálogo nacional. Um empenhamento que surgiu depois do país ter estado à beira da guerra civil em Maio.

As conversações deverão começar na terça-feira e têm como principal objectivo definir o papel do exército e das milícias nas operações de defesa do território.

A vítima mortal do atentado perto de Beirute, Saleh Aridi era um importante conselheiro de Talal Arslane, um líder druzo da oposição que é apoiado pela Síria e pelo Irão. Era também rival do líder druzo anti-síria Wallid Jumblatt.

O ataque ocorreu ontem à noite. Além da vítima mortal, mais seis pessoas ficaram feridas. Uma viatura armadilhada explodiu na cidade de Baysur, no sudeste da capital libanesa.