Última hora

Última hora

Passageiros e mercadorias já circulam no Túnel da Mancha

Em leitura:

Passageiros e mercadorias já circulam no Túnel da Mancha

Tamanho do texto Aa Aa

A circulação do túnel do Canal da Mancha, interrompida desde quinta-feira devido a um incêndio, voltou hoje a ser retomada. Um alívio para os mais de 40 mil passageiros afectadas pela paralisação dos 50 comboios que deviam cruzar o canal entre o Reino Unido e a Europa.

Eurostar iniciará ‘um serviço reduzido’ de passageiros segundo um porta-voz da empresa.
O tráfego far-se-á pelo túnel sul, que não foi afectado pelo incêndio. Poderão viajar os passageiros com reserva para o dia 11 em função das disponibilidades lugares segundo um comunicado da empresa.

O incêndio deflagrou no túnel norte a cerca de dez quilómetros da cidade portuária francesa de Calais e foi extinto 16 horas mais tarde. No interior do túnel a temperatura chegou a atingir os mil graus centígrados. O balanço definitivo do acidente aponta para 32 pessoas em estado de choque, seis dos quais apresentavam ferimentos ligeiros ou intoxicação pelo fumo proveniente fo incendiou que consumiu 26 camiões. Já hoje o Director do Eurotunel, Ian Nunn, aconselhou os utentes a adiarem a sua viajem para evitar uma avalanche de passageiros. As autoridades francesas abriram um inquérito judicial para apurara as causas do acidente.

Este é o pior acidente desde 1996. Eurotúnel, inaugurado em 1994, é o segundo maior túnel ferroviário do mundo, com 50,450 quilómetros de comprimento, 37,9 dos quais debaixo do mar.