Última hora

Última hora

O Ike fustiga a ilha de Galveston

Em leitura:

O Ike fustiga a ilha de Galveston

Tamanho do texto Aa Aa

Os fortes ventos e as chuvas causados pelo furacão “Ike” atingem a costa do Texas. Com um diâmetro de quase mil quilómetro o centro avançou numa trajectória que o levou directamente à ilha de Galveston. O furacão já conta com ventos de uma velocidade máxima de 175 km/h, o que o coloca no nível 2 na escala de 5 Saffir-Simpson. O “Ike” provocou inundações e ondas de mais de sete metros, obrigando mais de 1,2 milhões de pessoas a abandonar o litoral.

As autoridades da cidade de Houston, no Texas, decretaram estado de emergência, ordem de evacuação e recolher obrigatório em certas regiões, directivas emitidas por um juiz perante a resistência de milhares de habitantes em abandonar as suas casas. Hoje foram utilizadas equipas de resgate para tirar mais de cem pessoas de áreas que já estavam completamente inundadas.

Por causa do tamanho do furacão, das águas rasas da região e de sua costa praticamente desprotegida, meteorologistas prevêem que a maior ameaça será decorrente de inundações e da massa de água que o Ike deve trazer, com 6 a 8 metros de altura.