Última hora

Última hora

Governo boliviano decretou esta sexta-feira o estado de sítio em Pando

Em leitura:

Governo boliviano decretou esta sexta-feira o estado de sítio em Pando

Tamanho do texto Aa Aa

O ministro da Defesa, Walker San Miguel, anunciou que nesta região, do norte do país, têm ocorrido confrontos e atentados contra a propriedade privada.

San Miguel divulgou aos jornalistas um decreto aprovado que estabelece uma situação excepcional de “extrema gravidade” para “garantir a vida” e os “interesses da colectividade” naquela região.

Segundo fontes não oficiais, 15 pessoas terão sido mortas em Pando em consequência dos actos de violência. Ontem, em confrontos com opositores do presidente boliviano, pelo menos 8 partidários de Evo Morales terão morrido. A União Europeia condenou, na passada quinta-feira, os actos de violência na Bolívia e apelou a todas as partes que apoiem o diálogo construtivo.

Entretanto o comandante-chefe das Forças Armadas da Bolívia respondeu à oferta de apoio por parte de Hugo Chávez. O general Luis Trigo avisou o Presidente venezuelano e a comunidade internacional que o país rejeita as intromissões externas.