Última hora

Última hora

Aeroflot promete compensar familiares das vítimas

Em leitura:

Aeroflot promete compensar familiares das vítimas

Tamanho do texto Aa Aa

Um avião de passageiros da Aeroflot despenhou-se perto da cidade de Perm, nos montes Urais, no oeste da Rússia, causando a morte a 88 pessoas entre as quais sete crianças.

O Boeing-737 da companhia fazia o vôo 821 vinha de Moscovo caiu quando efectuava a manobra de descida. O acidente foi visto por lgumas testemunhas.

Numa conferencia de imprensa o director geral da Aeroflot negou-se a comentar um eventual acto terrorista. O acidente pode ter sido provocado por uma falha mecânica, que teria causado um incêndio a bordo, espera-se pela análise das duas caixas-negras já recuperadas para se avançar no inquérito.

A Aeroflot garante que o aparelho passara por uma “inspecção técnica completa” este ano.
A companhia aérea criou um centro de crise para atender os familiares das vítimas no aeroporto de Sheremetyevo-1, em Moscou, e outro em Perm. Também anunciou uma compensação de mais de dois milhões de rublos (55.000 euros) por cada uma das vitimas. O general Gennadi Troshev, alto comandante russo na guerra da Chechênia e conselheiro do ex-presidente Vladimir Putin encontra-se entre os mortos.