Última hora

Última hora

Comandos franceses libertam reféns nas mãos de piratas

Em leitura:

Comandos franceses libertam reféns nas mãos de piratas

Comandos franceses libertam reféns nas mãos de piratas
Tamanho do texto Aa Aa

Os dois reféns franceses nas mãos de piratas somalis desde o dia dois foram libertados durante uma operação militar gaulesa, esta noite, que contou com o apoio da Alemanha e da Malásia.

Um pirata foi abatido e outros seis capturados. Os sequestradores exigiam mais de um milhão e 400 mil dólares e a libertação de piratas detidos em França. O cidadãos franceses tinham sido vítimas de uma emboscada quando se dirigiam para a localidade somali de Eyl.

O presidente francês lançou um aviso. “Para que a voz da França seja ouvida, quero sublinha que esta operação é um aviso para aqueles que levam a cabo esta actividade criminosa. A França não aceita que o crime compense”, disse Nicolas Sarkozy.

O presidente francês fez um apelo para uma acção conjunta de comunidade internacional, nomeadamente a criação de uma polícia dos mares. Já em Abril as forças armadas francesas tinham entrado em em acção para libertar cidadãos na Somália.

Esta terça-feira mais um navio foi capturado por piratas somalis. Trata-se de uma embarcação de bandeira chinesa. Desde Julho, mais de 12 navios foram vítimas de pirataria na zona do Golfo de Aden.