Última hora

Última hora

Mais um golpe nos partidos nacionalistas bascos

Em leitura:

Mais um golpe nos partidos nacionalistas bascos

 Mais um golpe nos partidos nacionalistas bascos
Tamanho do texto Aa Aa

O Supremo Tribunal espanhol decretou a ilegalização e dissolução da Acção Nacionalista Basca a ANV. O partido participou nas últimas eleições municipais apesar do governo e do Ministério Público o consideraram próximo da ETA. Alguns candidatos do partido chegaram a ser eleitos.

Para as legislativas de Março de 2007 o Juiz Blatazar Garzón ordenou a suspensão por três anos das actividades da ANV e do Partido Comunista das Terras Bascas (PCVT), na sequência de uma queixa da procuradoria espanhola que aludiu ao vínculo dos dois partidos com o ilegalizado Batasuna.

A decisão de avançar com o processo de ilegalização das duas forças políticas foi tomada pelo governo espanhol em Janeiro, depois do resultados de investigações terem confirmado o vínculo mantido com o Batasuna.

Dados dos relatórios indicaram que são os responsáveis do Batasuna que definem a estratégia política dos outros partidos, revelando a existência de uma “caixa única” e de uma gestão financeira comum do Batasuna, ANV e PCTV. A partir de amanhã o Supremo Tribunal vai começar a estudar a possibilidade proibir também funcionamento do partido basco PCTV.