Última hora

Última hora

Governo e oposição assinam acordo para pôr fim a protestos na Bolívia

Em leitura:

Governo e oposição assinam acordo para pôr fim a protestos na Bolívia

Tamanho do texto Aa Aa

O governo e a oposição liberal chegaram esta noite a um acordo de princípio, na Bolívia, para pôr fim a três semanas de protestos violentos.

O entendimento foi firmado em La Paz pelos cinco governadores das províncias autónomas que contestam a política do presidente Evo Morales.

O documento prevê a abertura de discussões sobre o processo de reforma agrária e a atribuição de maiores competências às regiões na gestão de recursos petrolíferos.

O conflito entre o governo central e as cinco regiões mais ricas do país, governadas pela oposição, tinha originado nas últimas semanas violentos confrontos de rua, levando ao corte de relações diplomáticas com Washington, acusado de estar por detrás do movimento de protesto.

Horas antes da assinatura do acordo em La Paz, as autoridades tinham detido Leopoldo Fernandes, governador da província de Pando, no norte do país.

O governo acusa o opositor de ter instigado o massacre na região de mais de uma dezena de apoiantes do presidente na quinta-feira passada.

A oposição exigiu já a libertação imediata do dignitário, num momento em que o exército mantém a lei marcial nas províncias do Norte do país.