Última hora

Última hora

Kadima escolhe sucessor de Olmert

Em leitura:

Kadima escolhe sucessor de Olmert

Tamanho do texto Aa Aa

O futuro do governo israelita decide-se hoje entre os membros do Kadima. Cerca de 74.000 filiados no partido centrista escolhem o sucessor do primeiro-ministro Ehud Olmert.

Tzipi Livni é a favorita das primeiras eleições primárias da formação fundada em 2005 por Ariel Sharon. As sondagens dão-lhe a vitória com mais de 40 por cento dos votos, o que lhe permitiria evitar uma segunda volta agendada para 24 de Setembro.

O principal adversário da chefe da diplomacia israelita é o actual ministro dos Transportes. Shaul Mofaz está creditado com 28 por cento das intenções de voto. Contudo as sondagens têm-se mostrado falíveis em eleições partidárias em Israel. Se a antiga protegida de Ariel Sharon é a figura mais popular do Kadima, o ex-Chefe do Estado-Maior israelita recolhe os apoios do aparelho partidário.

O vencedor deverá substituir Ehud Olmert que se encontra demissionário na sequência de um caso de corrupção. O líder eleito do Kadima terá então que formar um novo governo mas a tarefa parece votada ao insucesso. Alguns membros da coligação no poder preparam-se já para legislativas antecipadas.