Última hora

Última hora

Tempestade financeira na usada na batalha para a presidência dos EUA

Em leitura:

Tempestade financeira na usada na batalha para a presidência dos EUA

Tamanho do texto Aa Aa

A crise financeira norte-americana é a linha da frente no combate eleitoral para a presidência dos Estados Unidos.

O republicano John McCain foi obrigado a mudar o discurso da noite para o dia após a intervenção da reserva federal para evitar a falência da AIG. Passou de uma não regulamentação do mundo financeiro para reformas.

“Estou aqui para mandar uma mensagem a Washington e a Wall Street. Não vamos deixar os trabalhadores aqui no Michigan pendurados na seca enquanto damos milhões de dólares a Wall Street. Vamos ajudar os trabalhadores, são eles que merecem a nossa ajuda”, disse o candidato.

Para Barack Obama, o colapso financeiro de Wall Street vai ao encontro da mudança prometida no slogan de campanha.

“Tenho toda a confiança de que podemos sair desta crise, é isso que nós somos e é o que temos feito, como americanos. Mas também sei uma coisa, é que não podemos sair da crise caminhando na mesma direcção”, declarou Obama.

Duas sondagens publicadas esta quarta-feira davam vantagens de um a dois por cento a Barack Obama em relação a McCain.