Última hora

Última hora

Suspensas discussões sobre envio de novos observadores para a Geórgia

Em leitura:

Suspensas discussões sobre envio de novos observadores para a Geórgia

Tamanho do texto Aa Aa

Estão suspensas as discussões sobre o envio de novos observadores para a Geórgia. A Rússia não concordou que os elementos da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa fossem enviados para a Ossétia do Sul.
Na Universidade de Verão do Partido Popular Europeu, a Euronews falou com o ex-embaixador da União Europeia nos Estados Unidos e o presidente do Comité de Negócios Estrangeiros sobre este assunto.
“A Rússia é relevante. Não se está a tornar irrelevante como a secretária de Estado Rice disse noutro dia. Não, não será irrelevante, especialmente para a Europa. Há um grau elevado de interdependência, em ambas direcções. Por isso, temos que nos comprometer com o objectivo de ajudar a Rússia a tornar-se mais democrática e mais respeitadora dos nossos valores básicos”, disse o antigo embaixador Günter Burghardt.
“Com a Rússia temos de cooperar, claro, mas não podemos falar de uma parceria estratégica. É muito difícil falar sobre isso, porque infelizmente não partilhamos os mesmos valores. Infelizmente, os políticos russos não partilham os nossos valores, como democracia ou direitos humanos ou uma economia de mercado livre”, afirmou o presidente do Comité, Krzyzstof Lisek.
A Comissão Europeia garantiu que vai controlar a aplicação dos 500 milhões de euros destinados à reconstrução da Geórgia, de forma a impedir que sejam utilizados com fins militares. A proposta de ajuda foi apresentada ao Conselho de Ministros da UE, na segunda-feira.