Última hora

Última hora

Mend reivindica destruição de oleoduto na Nigéria

Em leitura:

Mend reivindica destruição de oleoduto na Nigéria

Tamanho do texto Aa Aa

É o sexto ataque contra a Shell em apenas uma semana.

O principal grupo armado do sul da Nigéria, conhecido por Mend, garante ter destruído um importante oleoduto da companhia anglo-holandesa.

A Shell ainda não reagiu à acção levada a cabo pelo Mend que a 14 de Setembro declarou guerra ao petróleo.

Em comunicado, os combatentes do Movimento para a Emancipação do Delta do Niger afirmam ter recorrido a explosivos para destruírem o oleoduto localizado no Estado de Rivers, no sul país.

O grupo refere, ainda, que os ataques vão continuar até que cessem as exportações de crude na Nigéria.

A violência que assola a região desde 2006 fez o país perder cerca de um quarto da produção diária de petróleo.