Última hora

Última hora

Viravolta na Eslovénia em véspera de legislativas

Em leitura:

Viravolta na Eslovénia em véspera de legislativas

Tamanho do texto Aa Aa

A Eslovénia vai a votos este domingo para as legislativas que têm o Partido Democrático do chefe de governo Janez Jansa como favorito.

De acordo com a maioria das sondagens, o SDS, o partido do primeiro-ministro arrecada perto de 30 por cento das intenções de voto.

Por isso, será pouco provável que a formação vencedora, seja ela qual for, consiga governar sem alianças.

A inflacção é o principal cavalo de batalha de qualquer executivo na Eslovénia. Atingiu os seis por cento em Agosto, num país com pouco mais de dois milhões de habitantes.

Apesar do favoritismo do chefe de governo, o segundo partido mais representativo inverteu a tendência numa das últimas sondagens feita na quinta-feira.

O SD obtém, segundo a maior parte dos inquéritos, 23 e meio por cento de intenções de voto. No entanto, a última sondagem dá aos sociais democratas quase 30 por cento, mais seis que à formação do chefe de governo.

Katarina Kresal é a novidade desta campanha eleitoral. É líder do LDS, o partido democrático liberal, desde o ano passado. É mais um entre os nove partidos que concorrem nestas legislativas, mas poderá ser aquele com quem a formação mais votada terá de fazer coligação.

A Eslovénia foi o primeiro país a adoptar o Euro dos últimos dez estados-membros a aderir à União em 2004.