Última hora

Última hora

Com 98% de votos contados, Eslovénia ainda não pode dizer que a oposição venceu as eleições

Em leitura:

Com 98% de votos contados, Eslovénia ainda não pode dizer que a oposição venceu as eleições

Tamanho do texto Aa Aa

Ninguém pode ainda reclamar vitória nas legislativas da Eslovénia. Apesar de estarem contados 98% dos votos, o certo é que os sociais democratas vencem por apenas 0,8%, o que corresponde a um assento parlamentar de diferença em relação ao partido do primeiro-ministro.

O líder social-democrata, Borut Pahor, considera que os resultados eleitorais são um sucesso. No entanto, recusa proclamar vitória.

Pahor compromete-se no entanto a cooperar no sentido dos interesses da Eslovenia.

Seja qual for o partido vencedor nas legislativas, governar sozinho é impossível. Terá de haver negociações para formar uma coligação governamental.

O ainda primeiro-ministro Janez Jansa não reconheceu a derrota, espera-se uma declaração depois de todos os votos estarem contados.

Independentemente do desfecho, Jansa já assumiu que os resultados são decepcionantes pois contava alcançar uma maioria para governar o país.

Mas o primeiro-ministro viu-se envolvido num escândalo de corrupção na última semana de campanha, que envolve a compra de veículos blindados a uma companhia filandesa.

A polémica tirou-lhe muito provavelmente a vitória nas eleições.