Última hora

Última hora

Candidatos à Casa Branca preocupados com crise

Em leitura:

Candidatos à Casa Branca preocupados com crise

Tamanho do texto Aa Aa

A crise financeira que atinge os Estados Unidos repõe a Economia como um dos grandes temas da campanha eleitoral. O candidato republicano John McCain propôs na sexta-feira regras mais rígidas para o sector e criticou seu rival democrata, Barack Obama, por não propor um plano claro para a crise.

Obama, novamente à frente nas pesquisas, disse que não vai divulgar propostas específicas por enquanto, para que o Fed e o Departamento do Tesouro continuem seu trabalho.

O democrata reuniu-se na Flórida com vários economistas importantes, alguns deles antigos colaboradores do governo de Bill Clinton.

Obama manifestou apoio ao pacote de resgate de instituições financeiras pelo Fed e o Tesouro, e cobrou do governo medidas de apoio também a famílias trabalhadoras prejudicadas pelo preço da gasolina e dos alimentos. Em plena crise que ameaça levar à falência vários gigantes financeiros americanos, McCain veio a público dizer que os elementos “fundamentais da economia estão fortes”.

Palavras que o próprio candidato republicano corrigiu no dia seguinte e que a campanha democrata. Uma recente sondagem da CBS e The New York Times revela que 65% dos americanos confiam em Obama para resolver os problemas da economia, contra apenas 37% que confiam em McCain.