Última hora

Última hora

CE propõe SMS no estrangeiro a 0,11€

Em leitura:

CE propõe SMS no estrangeiro a 0,11€

Tamanho do texto Aa Aa

Um verdadeiro mercado único sem fronteiras para os 150 milhões de europeus que, em férias ou em trabalho, usam o telemóvel no estrangeiro é o grande objectivo de Bruxelas. Como previsto, a Comissão Europeia (CE) propôs, esta terça-feira, que um SMS enviado a partir de um outro Estado membro custe, no máximo 11 cêntimos de euro, sem IVA. Actualmente, em média, as mensagens no estrangeiro custam 29 cêntimos, ou seja, 10 vezes mais do que no país de origem.

Mas o pacote de Bruxelas vai mais longe. A Comissão, que já obrigou os operadores a baixar o preço das chamadas em roaming, quer agora que a facturação se faça ao segundo. Bruxelas estima que, com o actual sistema de facturação ao minuto, os consumidores pagam, em média, 20% mais.

O executivo europeu quer igualmente baixar as facturas de quem acede à internet e aos emails através do telemóvel no estrangeiro. Mas renunciou a propor um preço ao consumidor, fixando apenas um tecto preventivo de um euro por megabyte, ao retalho.

A proposta tem de ser aprovada pelos Estados membros e pelo parlamento europeu. Bruxelas espera que ela entre em vigor no próximo Verão.