Última hora

Última hora

Rússia anuncia reorganização e reforço das Forças Armadas

Em leitura:

Rússia anuncia reorganização e reforço das Forças Armadas

Tamanho do texto Aa Aa

Os analistas são unânimes em refutar que o mundo esteja a viver uma segunda guerra fria, mas o que é certo é que a corrida ao armamento começa a assumir proporções já antes vistas.

Dmitri Medvedev anunciou que a Rússia vai começar a construir em série de submarinos nucleares equipados com mísseis de cruzeiro e a intenção de criar um sistema de defesa aeroespacial.

O anúncio foi feito durante um encontro com os comandantes das regiões militares da Rússia, na cidade de Orenburgo.

As intenções do chefe do Kremlin foram divulgadas depois da visita de Hugo Chavez a Moscovo. Os dois presidentes assinaram memorandos de cooperação no sector energético e não descartaram a possibilidade de Moscovo e Caracas cooperarem no uso de energia nuclear para fins pacíficos.

Vladimir Putin, actual primeiro-ministro russo, anunciou mesmo que a empresa pública russa Gazprom vai iniciar prospecções de gás natural na Venezuela, em finais de Outubro.

Entretanto, Moscovo enviou um navio da guarda-costeira para as costas da Somália para combater a pirataria e libertar o navio ucraniano Faina, sequestrado na quinta-feira por piratas somalis.