Última hora

Última hora

Legislativas testam vontade do presidente bielorusso de se aproximar do Ocidente

Em leitura:

Legislativas testam vontade do presidente bielorusso de se aproximar do Ocidente

Tamanho do texto Aa Aa

Não é apenas a eleição do Parlamento bielorusso que está em jogo este domingo. Para muitos, o veredicto dos observadores europeus será tão ou mais importante do que o resultado do escrutínio.
As legislativas são consideradas como um teste à vontade do presidente da Bielorússia, Alexandre Loukachenko, de se aproximar dos países ocidentais. Loukachenko é qualificado pelos Estados Unidos como o último ditador da Europa.
O chefe de Estado está confiante de que as centenas de observadores europeus vâo considerar as eleições livres e justas.
A União Europeia prometeu levantar as sanções que impedem 40 responsáveis bielorussos, entre os quais Loukachenko, de entrar nos países comunitários, caso sejam constatados progressos democráticos no acto eleitoral.
Analistas dizem que vários candidatos da Oposição devem vir a ser eleitos, eles que não ocupam nenhum lugar no parlamento actual.
A Oposição teme que tenha ocorrido fraude na votação antecipada.