Última hora

Última hora

Finlândia: cerimónia religiosa em memória das vítimas do tiroteio

Em leitura:

Finlândia: cerimónia religiosa em memória das vítimas do tiroteio

Tamanho do texto Aa Aa

A presidente da Finlândia, Tarja Halonen, foi uma das pessoas que se deslocaram à igreja de Kauhajoki, cidade onde ocorreu o massacre de dez pessoas.
Na terça-feira, um aluno do curso de Hotelaria e Restauração entrou na escola onde estudava e matou nove colegas e um professor. Em seguida, Matti Saari suicidou-se.
Saari tinha sido contactado no dia anterior ao massacre pela polícia finlandesa, alertada para um dos vídeos que o jovem tinha colocado no Youtube.