Última hora

Última hora

CSU perde maioria absoluta que detinha há 42 anos na Bavária

Em leitura:

CSU perde maioria absoluta que detinha há 42 anos na Bavária

Tamanho do texto Aa Aa

Uma vitória com sabor da derrota para a CSU nas eleições regionais da Baviera. O partido conservador não foi capaz de convencer o eleitorado bávaro dar uma vez mais a confiança para poder liderar com a maioria absoluta com que governou nos últimos 42 anos. A CSU do ministro de Estado Guenther Beckstein somou 43% das intenções de voto, um resultado fraco e longe dos 60% obtidos há cinco anos.

O líder do partido reagia desta forma aos resultados. “As perdas foram muito maiores do que as que esperávamos e tinham sido avançadas nas sondagens. Fomos apanhados desprevenidos. Razão pela qual temos de analisar este resultado cuidadosamente nas próximas horas”, afirmou Beckstein . A confirmar-se este resulto, a CSU terá de realizar uma aliança para poder governar, muito provavelmente com os liberais do FDP que obtiveram 8,5% dos votos.

O segundo partido mais votado foi das eleições foi o SPD. Os sociais-democratas de Franz Maget também ficaram aquém das expectativas com 19%, 1% abaixo do objectivo de mínimo estabelecido para este escrutínio. “Poderia ter sido uma percentagem maior, diz o líder do SPD que reconhece que a notícia do dia é outra. “A notícia do dia é a derrota esmagadora da CSU com uma dimensão que ninguém imaginava”, disse.

O desencanto do eleitorado da CSU são más notícias para a chanceler alemã, a um ano das eleições federais, já que os conservadores bávaros representam 20% do CDU no Bundestag.