Última hora

Última hora

Governo britânico pode nacionalizar Bradford & Bingley

Em leitura:

Governo britânico pode nacionalizar Bradford & Bingley

Tamanho do texto Aa Aa

O governo britânico toma este fim-de-semana uma decisão sobre o futuro do Bradford & Bingley.

Em cima da mesa está a possiblidade de nacionalizar a instituição de crédito, que se encontra à beira do colapso.

Desde o início do ano, as acções da empresa britânica desvalorizaram 90%.

O departamento do Tesouro propôs a um grupo de bancos a compra de uma parte da dívida do Bradford & Bingley. Mas nenhuma instituição parece inclinar-se para assumir riscos numa altura em que o mercado imobiliário britânico regista uma forte quebra.

O governo remeteu uma decisão para segunda-feira.

A confirmar-se, será a segunda nacionalização de um banco no Reino Unido depois do Northern Rock.

Na Bélgica, é o banco Fortis que suscita preocupações.

O ministro das Finanças belga, Didier Reynders, reconheceu, este sábado, que a situação nos mercados é muito difícil e afirmou que o governo vai reunir com as diferentes partes e tomar medidas se for necessário.

As acções do banco belga e holandês caíram a pique depois de terem surgido notícias sobre uma eventual fuga de clientes.

Na sexta-feira, a instituição que opera na área da banca e dos seguros perdeu um terço da sua capitalização bolsista face a igual período do ano passado.

O Fortis é o maior empregador privado na Bélgica e gere as contas de mais de um milhão e meio de clientes particulares.